Danilo faleceu na madrugada desta quinta-feira

O delegado Lane Andrade garantiu, em entrevista concedida a Rádio Povo na manhã desta quinta-feira (12), que será pedida a prisão do cigano Laércio da Costa Dantas, acusado de atirar e matar o ubatense Danilo Ribeiro Moraes, de 20 anos. Lane Andrade afirmou ao repórter Garcia Júnior que a versão apresentada pelo cigano foi frágil. “Os argumentos são frágeis diante da gravidade do crime cometido. O Ministério Público e o Judiciário certamente darão uma resposta”, destacou o delegado, emendando que o cigano alegou uma discussão como motivação para o crime e que a arma não foi apresentada pelo autor. “O Inquérito será concluído e a representação [pela prisão] será feita. A partir da determinação do Judiciário, faremos as incursões para prendê-lo”, destacou Lane Andrade, que está à frente das investigações.

PREFEITURA DECRETA LUTO OFICIAL

A Prefeitura de Ubatã decretou luto oficial pelo passamento do comerciante Danilo Ribeiro Moraes e suspendeu as atividades nesta quinta-feira (12). A prefeita Siméia Queiroz lamentou a morte do ubatense. “Muito triste com o passamento precoce do jovem Danilo; que Deus leve refrigério aos corações de amigos e familiares”, destacou. Em tempo, ainda não há informações sobre horários de velório e sepultamento do ubatense. (Ubatã Notícias)