O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira que espera ter no início do ano uma proposta acertada com o Senado e negociada com a equipe econômica para a reforma tributária, e disse ter certeza de que o texto será aprovado pelo Congresso assim como a reforma da Previdência. “Nossa intenção é que a gente possa trabalhar em conjunto com o Senado e que a gente consiga no início do ano, conversando com a equipe econômica, ter uma proposta que resolva a questão tributária”, disse Maia, em seminário promovido pelo jornal Correio Braziliense sobre a reforma tributária. O presidente da Câmara defendeu que se organize “de forma definitiva” os impostos que tratam de consumo, e apontou como grande problema o ICMS. “Não podemos fugir desse debate”, afirmou. Leia mais