Valor da carne vermelha começou a ceder nas lojas, açougues e supermercados

Após temporada com preços altos, o valor da carne vermelha começou a ceder nas lojas, açougues e supermercados. Conforme O Globo, alguns cortes chegaram a ter queda de preço de 50%. Ao jornal, o pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), Thiago Bernardino, explicou que a redução do consumo explica em parte o comportamento dos preços. “Somado a isso, a indústria quis diminuir os estoques para não ter custo tão alto com a câmara fria”, argumentou Bernardino. No mês de dezembro o preço da carne registrou seu maior avanço em quase duas décadas, de acordo com o monitoramento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta geral foi de 17,7%, segundo dados do IPCA-15, considerado a prévia da inflação. A reportagem destaca que o aumento, observado pelo consumidor desde outubro, se deu graças a uma série de fatores. O principal deles foi o aumento das exportações brasileiras para China, cujos rebanhos de porcos foram reduzidos à metade pela febre suína. Como os chineses pagam mais, e o dólar em alta aumenta os ganhos, os produtores e os frigoríferos brasileiros preferiram aumentar as exportações para o país asiático, o que reduziu a oferta interna e elevou os preços. (Bahia Notícias)