Mulher foi encontrada morta dentro de casa (Foto: Divulgação)

O bebê de 2 meses filho da mulher que foi achada morta e com sinais de violência dentro da casa onde morava, em Eunápolis, foi encontrado e devolvido a família, na tarde desta segunda-feira (6). Conforme o delegado Bernardo Pacheco, que investiga o caso, os suspeitos de cometerem o crime são procurados pela polícia. Segundo informações do delegado, o ex-companheiro da vítima, um presidiário é suspeito de ser o mandante do crime. Bernardo Pacheco informou que não pode divulgar detalhes sobre o resgate do bebê para não atrapalhar as investigações. O corpo de Silvia Letícia foi encontrado na noite de sábado (4), no bairro Arnaldão, depois que populares sentiram um cheiro forte de decomposição e acionaram os policiais. No dia do ocorrido, a criança, que morava com a mãe, não foi encontrada no local. O corpo de Silvia foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Eunápolis, onde vai passar por exames, que devem apontar as causas e há quanto tempo ela estava morta. (G1)