Produto falsificado era comercializado numa farmácia com preços abusivos

Agentes da 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Euclides da Cunha apreenderam, na terça-feira (24), numa farmácia no centro da cidade, 264 frascos contendo “álcool em gel 70%”, vendidos por um valor abusivo e sem nota fiscal. Além disso, o produto era falsificado. De acordo com o coordenador da unidade policial, delegado Paulo Jason Mello Falcão, o produto tinha consistência e odor diferentes do álcool em gel comum e o rótulo estampado nas embalagens apresentava sinais de falsificação, inclusive com erro ortográfico. O proprietário do estabelecimento comercial foi conduzido à 25a Coorpin de Euclides da Cunha, sendo autuado em flagrante por crimes contra a economia popular e ordem tributária, falsificação de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e uso de documento falso. O material apreendido foi encaminhado à perícia, constatando, após testes, que tinham propriedades e reações, quando expostos ao fogo, que divergiam do álcool em gel 70% comercializado no mercado. (Pimenta)