Índice de famílias endividadas em Salvador passa de 57% — Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

A taxa de famílias endividadas subiu para 57,1%, em Salvador, neste mês de maio, segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA) e divulgada na quarta-feira (20). O índice representa o maior percentual registrado na capital baiana desde outubro de 2016. De acordo com o estudo, o número de endividados sofreu um acréscimo de 7,2% desde abril, quando foi registrado um índice de 49,9%. Os dados representam que, atualmente, 530 mil famílias em Salvador estão com algum tipo de dívida, 94,4 mil a mais em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a pesquisa, a fatura de cartão de crédito é a principal dívida das famílias de Salvador, com uma fatia de 90,3%. “Um dado que chama mais atenção é o aumento do percentual do crédito consignado, de 3,5% em abril para 6,6% em maio. Apesar do aumento mensal, o lado positivo é que o crédito está atrelado a algum tipo de segurança como salário e pensão, por exemplo, e que o risco de inadimplência é baixo”, analisa o consultor econômico da Fecomércio-BA, Guilherme Dietze. Leia mais no G1