Área seca na Bahia saltou de 75,78%, em 2019, para 77,05% neste an

Cinquenta e três cidades baianas tiveram a situação de emergência declarada por conta da seca. A informação foi divulgada pela Defesa Civil do Estado (Sudec). Na contramão desse cenário, por causa das chuvas, o reservatório do Sobradinho, que fica no norte da Bahia, está operando com mais de 70% da capacidade total. Conforme o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o reservatório baiano opera com 71,2%, e está à frente do reservatório de Tucurí (65,6%), que fica no Pará, e de Serra da Mesa (34,1%), em Goiás. A situação no norte é positiva porque choveu de forma significativa esse ano, o que ajudou na produção agrícola em parte do norte baiano e também a aumentar o nível do reservatório. “Em toda a região norte da Bahia, nós tivemos um índice de chuva bastante significativo. Em alguns locais a chuva dobrou o índice. Não só no norte da Bahia, mas em outras partes da Bahia e no Nordeste brasileiro como um todo”, falou Mário Miranda, meteorologista. Os dados da Defesa Civil apontam que, de janeiro a agosto de 2019, eram 40 municípios da região norte em situação de seca ou estiagem. Agora, são dez. Um agricultor comentou sobre o bom período. *Ler mais.