Kaçulo tem candidatura deferida pela Justiça Eleitoral (Foto: Ubatã Notícias)

O Juiz Eleitoral Gustavo Teles Veras Nunes, da da 73ª Zona Eleitoral, acolheu Embargo de Declaração impetrado pela Coligação “Gongogi continuará em boas mão” e deferiu a candidatura do atual prefeito e candidato à reeleição Edvaldo dos Santos (PL), o Kaçulo. A candidatura de Kaçulo havia sido indeferida em virtude de a Câmara ter rejeitado as suas referentes ao exercício financeiro de 2017. O atual gestor, no entanto, conseguiu uma liminar nesta segunda-feira (19) no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e conseguiu suspender os efeitos da sessão que rejeitou as suas contas. Na decisão proferida nesta terça-feira, o Juiz Gustavo Nunes anotou: “Diante, constatando que foram cumpridos todos os requisitos estabelecidos na legislação eleitoral, estando presentes as condições de elegibilidade e ausentes as de inelegibilidade, defiro o registro de candidatura da chapa majoritária pela Coligação Gongogi continuará em boas mãos” no Município de Gongogi-BA, do candidato Edvaldo dos Santos opção de nome Kaçulo para o cargo de Prefeito com o número 22.