Parte da casa onde mulher em cárcere privado foi achada com filhos na Bahia

A Polícia Civil da Bahia entrou com pedido de prisão contra Fábio Renato Santos Lopes, suspeito de manter a companheira e os três filhos em cárcere privado em Salvador. As vítimas, que têm 43, 15, 9 e 7 anos, foram resgatadas pela polícia após passarem sete meses trancadas. Nesta quinta-feira (5), o G1 entrou em contato com o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), para saber se o pedido foi acatado. O TJ-BA informou que, por se tratar de crime de violência doméstica, o caso tramitando em segredo de justiça. Fábio Renato Santos Lopes é procurado pela polícia. O caso, que foi registrado na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), já foi encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA). O G1 entrou em contato com o MP-BA, para saber se o órgão irá oferecer denúncia contra o suspeito e aguarda retorno. As vítimas foram resgatadas na noite do dia 27 de outubro. De acordo com a Polícia Militar, o portão da casa onde a vítima estava com os três filhos foi encontrado trancado e precisou ser arrombado. Segundo a polícia, além da violência psicológica, eles também sofriam violência física. Os filhos do casal são matriculados na escola e saíam de casa para estudar, antes da pandemia da Covid-19. Depois da pandemia, eles também passaram a viver em cárcere, e não saíam nem para tomar sol. Já a mulher, antes mesmo da pandemia era impedida de deixar o imóvel. (G1)