Wanderson de Souza Vieira é acusado de estuprar crianças

A polícia prendeu, nesta sexta-feira (20), em Trancoso, Porto Seguro, no extremo-sul da Bahia, um homem de 30 anos acusado de estuprar alunos de uma escolinha de futebol. De acordo com as investigações, o abuso sexual teria ocorrido no período de 2016 a 2019, quando atuou na escolinha de Futebol Júnior Trancoso. A escolinha de futebol, que ano passou chegou a contar com cerca de 100 alunos, suspendeu as atividades por causa da pandemia do novo coronavírus. Pelo menos cinco menores relataram que foram vítimas do homem, que já foi desligado da escolinha. O inquérito é conduzido pelo delegado Valfredo Lima Borges. O suspeito foi levado para o presídio de Eunápolis. A polícia informou que o crime foi descoberto depois que a mãe de um aluno ligou para o Disque Denúncia. Segundo as investigações, o homem mantinha relações sexuais com os alunos na casa onde morava, no distrito de Trancoso. A mãe do acusado, que mora na parte de baixo do imóvel, alegou que não sabia de nada. As vítimas relataram que os abusos também ocorriam no centro de treinamento da escolinha e nas viagens com o grupo. As crianças contaram que ele praticava atos sexuais e ainda registrava o crime em fotos. Segundo a polícia, o suspeito ameaçava mostrar as imagens para os pais das vítimas, além dizer que os meninos não seriam indicados para nenhum time, caso contassem para alguém. (Pimenta)