Lucas Bonfim, de 21 anos, era motoboy e foi achado morto (Foto: TV Bahia)

Um motoboy que fazia delivery foi achado morto no domingo (22), cerca de dois dias após desaparecer ao sair para entregar pedido em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador. Três adolescentes foram apreendidos, também no domingo, suspeitos do crime. Dos três adolescentes apreendidos, dois são irmãos. Não há detalhes se eles confessaram o crime, nem o que informaram sobre o caso, mas eles já estão à disposição da Justiça. A Polícia Civil da cidade detalhou que Lucas Bonfim, de 21 anos, foi visto pela última vez na sexta-feira (20). Ele saiu da pizzaria onde trabalhava, no Conjunto Feira X, para fazer uma entrega no bairro Campo Limpo. Segundo familiares de Lucas, o pedido foi feito através do Whatsapp da pizzaria. No sábado (21), o capacete, roupas e outros pertences do motoboy foram encontrados em um terreno baldio na rua Conde de Irajá, mesma rua onde a entrega seria feita, no bairro Campo Limpo. O número da casa informada no pedido não existe. No domingo, populares encontraram o corpo de Lucas na mesma rua onde os pertences dele foram achados. Ele estava com as mãos amarradas e tinha marcas de tiros na cabeça e nas costas. A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio, quando é roubo seguido de morte. A moto do entregado foi localizada na noite de sábado, também no bairro Campo Limpo, onde ocorreu o crime. Na tarde de domingo, motociclistas que atuam como entregadores fizeram uma manifestação para pedir Justiça pela morte de Lucas. Nesta segunda (23), a categoria anunciou uma paralização de 24 horas em protesto pela morte do entregador. (G1)