Paulinho morreu na noite desta segunda em virtude de complicações do covid-19

Paulo César Santos, mais conhecido como Paulinho, morreu hoje aos 68 anos em decorrência de complicações ocasionadas pela covid-19. O músico era vocalista da banda Roupa Nova. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do artista. O cantor estava se recuperando de um transplante de medula óssea realizado há cerca de três meses. Durante o período de reabilitação, ele contraiu a doença causada pelo novo coronavírus e precisou ser internado no início de novembro. Paulinho começou a sua carreira no Roupa Nova no final da década de 1970, quando o grupo ainda se chama Os Famks, participando da formação original ao lado do tecladista Cléberson Horsth, do baixista Nando e do guitarrista Kiko. A banda ganhou o nome de Roupa Nova apenas em 1980. Nas décadas em que integrou o grupo, o vocalista interpretou hits como “Canção de Verão”, “Whisky a Go-Go”, “Volta pra mim” e “A Metade da Maçã”. Além do legado com sua voz marcante, Paulinho também chegou a assumir a posição de percussionista da banda fluminense. (G1)