Audiência
Ubatã FM
Publicidade
Clima

Archive for the ‘Sem categoria’ Category

Governo estuda trem de passageiros ligando Salvador e Feira de Santana

Informação foi dada por Secretário da Casa Civil da Bahia
O Governo do Estado estuda viabilizar o meio de transporte ferroviário entre a capital baiana e a segunda maior cidade do estado. O secretário da Casa Civil da Bahia, Rui Costa, disse, em entrevista à rádio Tudo FM nesta terça-feira (14), que conversou com o ministro dos transportes, César Borges, e que já estão fazendo o traçado de um trem de passageiros de Feira de Santana até Salvador. De acordo com Costa, o trem será veloz e circulará com a velocidade de 140 km/h. “E ele encontraria com o metrô na BR [BR-324] da linha 1 e, portanto, nós teriamos uma estação de integração, que a pessoa poderia sair de Feira em um trem, entrar no metrô e estar em qualquer lugar de Salvador. Portanto, nós garantiríamos uma completa integração de toda a Região Metropolitana e também da segunda maior cidade do estado, Feira de Santana, com a cidade de Salvador”, disse o secretário à rádio. (Correio)

Ubatã: Creas realiza evento de conscientização ao Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Prefeita destaca importância do 18 de maio (Foto: Ascom PMU)
Evento teve apresentações cênicas (Foto: Ascom PMU)
O Centro de Referência de Assistências Social (Creas) realizou, nesta quarta-feira (15), uma palestra sobre o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento, que contou com diversos setores da sociedade organizada, faz parte das ações que combatem tal prática e se comemora em 18 de maio. O evento teve apresentações cênicas e a palestrante destacou a importância de se debater o assunto e de se conscientizar as pessoas quanto à importância de se denunciar situações de abuso e exploração sexual contra a criança e o adolescente. A prefeita Siméia Queiroz destacou a relevância da ação do Creas. “O mês de maio é um mês de luta, e várias datas simbolizam isso, como o 1º de Maio, que é o dia do Trabalhador, o dia 13 que é o dia da Abolição da Escravatura e o dia 18, que foi escolhido após uma criança de apenas oito anos ter sido torturada, estuprada e depois morta. Então, está aí a relevância do combate a qualquer crime que envolva a criança e o adolescente”, disse a gestora. Em tempo, cerca de 100 pessoas participaram do evento.

Ascom PMU


Nota

O Ubatã Notícias, após ser atacado por hackers, migrou da plataforma WordPress para a Blogspot, do Google. A mudança é temporária. Gostaríamos de pedir sinceras desculpas aos nossos internautas e parceiros comerciais que ficaram impedidos de ler as notícias do portal nos últimos dias. Em tempo, o UN ainda está fazendo alguns ajustes no site e, por isso, todas as matérias do portal não estão disponíveis. Obrigado.
Direção Ubatã Notícias

Ubatã: TCM rejeitas as contas de Agilson Muniz e Edson Neves

Dupla terá de devolver cerca de R$ 600 mil aos cofres públicos
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou, nesta quarta-feira (15), as contas da Prefeitura de Ubatã referentes ao exercício financeiro de 2011, sob a responsabilidade dos ex-prefeitos Edson Neves da Silva (PSD) e Agilson dos Santos Muniz (PCdoB). O relator das contas foi o Conselheiro Fernando Vita. Edson Neves terá de devolver R$ 188.247,46 aos cofres públicos, sendo R$ 87.053,71 referentes à ausência de comprovação de despesas, R$ 18.511,63 relativos à ocorrência de despesas com publicidade sem a demonstração de matérias publicadas e R$ 73.888,16 em virtude do não esclarecimento das origens como também comprovação das contas que compõem o Ativo Realizável. Já Agilson Muniz foi condenado a devolver R$ 410.227,13, sendo que R$ 311.955,73 em virtude do não esclarecimento das origens como também das medidas adotas para a regularização das contas que compõem o Ativo Realizável. O relatório do TCM diz ainda que a dupla exagerou com gastos com pessoal e houve ausência de licitação em diversas oportunidades.
Redação Ubatã Notícias

Pagador de promessas é assaltado em Feira de Santana

Homem saiu do Acre e já havia percorrido mais de 6,5 mil km
O pagador de promessas, Márcio Duarte dos Santos, 32 anos, que mora na cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, foi assaltado em Feira de Santana, por volta das 6h de ontem (14), após percorrer mais de seis mil quilômetros em uma bicicleta motorizada. Em entrevista ao Acorda Cidade, ele informou que saiu do Acre no dia 4 de março deste ano, com destino a Juazeiro do Norte, no Ceará, com outras três pessoas, para pagar uma promessa e, durante o trajeto de volta para casa, passando em Feira de Santana, no bairro Cidade Nova, foi assaltado. O bandido levou o dinheiro e a motocicleta e ainda o agrediu. Márcio disse que as outras pessoas que viajaram com ele ficaram em Juazeiro. A vítima contou que fazia parte da promessa dele ir a Juazeiro e retornar para casa, por isso continuou a viagem sozinho. No total foram 6.500 km de peregrinação. (Acorda Cidade)


O acidente com o ônibus da Viação Águia Branca na manhã desta quarta-feira, deixou dez mortos e 21 feridos. O veículo capotou após a Curva da Tarifa e caiu em uma ribanceira por volta de 5h. Nove pessoas morreram no local, entre elas o motorista Maurício de Souza. O veículo havia saído de Vitória (ES) às 23h de ontem e seguia para a cidade de Itamaraju. O acidente ocorreu no km 895, entre os municípios de Teixeira de Freitas e Caravelas. Faltavam 94 quilômetros para o ônibus chegar ao destino final. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que a neblina na pista provocou o grave acidente. Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os corpos das vítimas estão no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os nomes delas ainda não foram divulgados. (Correio)


O acidente com o ônibus da Viação Águia Branca na manhã desta quarta-feira, deixou dez mortos e 21 feridos. O veículo capotou após a Curva da Tarifa e caiu em uma ribanceira por volta de 5h. Nove pessoas morreram no local, entre elas o motorista Maurício de Souza. O veículo havia saído de Vitória (ES) às 23h de ontem e seguia para a cidade de Itamaraju. O acidente ocorreu no km 895, entre os municípios de Teixeira de Freitas e Caravelas. Faltavam 94 quilômetros para o ônibus chegar ao destino final. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que a neblina na pista provocou o grave acidente. Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os corpos das vítimas estão no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os nomes delas ainda não foram divulgados. (Correio)

Nota

O Ubatã Notícias, após ser atacado por hackers, migrou da plataforma WordPress para a Blogspot, do Google. A mudança é temporária. Gostaríamos de pedir sinceras desculpas aos nossos internautas e parceiros comerciais que ficaram impedidos de ler as notícias do portal nos últimos dias. Em tempo, o UN ainda está fazendo alguns ajustes no site e, por isso, todas as matérias do portal não estão disponíveis. Obrigado.
Direção Ubatã Notícias

Ubatã: TCM rejeitas as contas de Agilson Muniz e Edson Neves

Dupla terá de devolver cerca de R$ 600 mil aos cofres públicos
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) rejeitou, nesta quarta-feira (15), as contas da Prefeitura de Ubatã referentes ao exercício financeiro de 2011, sob a responsabilidade dos ex-prefeitos Edson Neves da Silva (PSD) e Agilson dos Santos Muniz (PCdoB). O relator das contas foi o Conselheiro Fernando Vita. Edson Neves terá de devolver R$ 188.247,46 aos cofres públicos, sendo R$ 87.053,71 referentes à ausência de comprovação de despesas, R$ 18.511,63 relativos à ocorrência de despesas com publicidade sem a demonstração de matérias publicadas e R$ 73.888,16 em virtude do não esclarecimento das origens como também comprovação das contas que compõem o Ativo Realizável. Já Agilson Muniz foi condenado a devolver R$ 410.227,13, sendo que R$ 311.955,73 em virtude do não esclarecimento das origens como também das medidas adotas para a regularização das contas que compõem o Ativo Realizável. O relatório do TCM diz ainda que a dupla exagerou com gastos com pessoal e houve ausência de licitação em diversas oportunidades.
Redação Ubatã Notícias

Pagador de promessas é assaltado em Feira de Santana

Homem saiu do Acre e já havia percorrido mais de 6,5 mil km
O pagador de promessas, Márcio Duarte dos Santos, 32 anos, que mora na cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, foi assaltado em Feira de Santana, por volta das 6h de ontem (14), após percorrer mais de seis mil quilômetros em uma bicicleta motorizada. Em entrevista ao Acorda Cidade, ele informou que saiu do Acre no dia 4 de março deste ano, com destino a Juazeiro do Norte, no Ceará, com outras três pessoas, para pagar uma promessa e, durante o trajeto de volta para casa, passando em Feira de Santana, no bairro Cidade Nova, foi assaltado. O bandido levou o dinheiro e a motocicleta e ainda o agrediu. Márcio disse que as outras pessoas que viajaram com ele ficaram em Juazeiro. A vítima contou que fazia parte da promessa dele ir a Juazeiro e retornar para casa, por isso continuou a viagem sozinho. No total foram 6.500 km de peregrinação. (Acorda Cidade)


O acidente com o ônibus da Viação Águia Branca na manhã desta quarta-feira, deixou dez mortos e 21 feridos. O veículo capotou após a Curva da Tarifa e caiu em uma ribanceira por volta de 5h. Nove pessoas morreram no local, entre elas o motorista Maurício de Souza. O veículo havia saído de Vitória (ES) às 23h de ontem e seguia para a cidade de Itamaraju. O acidente ocorreu no km 895, entre os municípios de Teixeira de Freitas e Caravelas. Faltavam 94 quilômetros para o ônibus chegar ao destino final. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que a neblina na pista provocou o grave acidente. Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os corpos das vítimas estão no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os nomes delas ainda não foram divulgados. (Correio)


O acidente com o ônibus da Viação Águia Branca na manhã desta quarta-feira, deixou dez mortos e 21 feridos. O veículo capotou após a Curva da Tarifa e caiu em uma ribanceira por volta de 5h. Nove pessoas morreram no local, entre elas o motorista Maurício de Souza. O veículo havia saído de Vitória (ES) às 23h de ontem e seguia para a cidade de Itamaraju. O acidente ocorreu no km 895, entre os municípios de Teixeira de Freitas e Caravelas. Faltavam 94 quilômetros para o ônibus chegar ao destino final. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) acredita que a neblina na pista provocou o grave acidente. Os feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os corpos das vítimas estão no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os nomes delas ainda não foram divulgados. (Correio)

Acidente com ônibus mata pelo menos nove passageiros na BR-101

O acidente aconteceu na BR-101 (Foto: Liberdade News)
Um grave acidente de ônibus matou pelo menos nove pessoas no início da manhã desta quarta-feira (15), na BR-101, no município de Teixeira de Freitas, Sul do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo não conseguiu realizar uma curva conhecida como “da Tarifa” e capotou várias vezes para fora da pista. O ônibus era interestadual e fazia a linha Vitória (ES) – Itamaraju (BA). Ao todo, 29 pessoas estavam no veículo no momento do acidente. Segundo a PRF, nove morreram no local e as demais foram encaminhadas para hospitais da região e não se tem informações sobre o estado de saúde delas. Uma das vítimas fatais foi o motorista do ônibus (placa OPF-8294), identificado como Maurício de Souza pela empresa Águia Branca. O acidente foi grave porque, além de capotar, o veículo também caiu de uma pequena ribanceira. A PRF recebeu o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e agora trabalha, junto à empresa de ônibus, para identificar as demais vítimas fatais do acidente a partir da lista de passageiros do veículo. Nas últimas 24 horas, a PRF registrou 20 acidentes nas rodovias federais, com uma morte. (G1)

Justiça Eleitoral cancelou cerca de 120 mil títulos na Bahia

Quem perdeu o título deve procurar um cartório eleitoral 
Dos cerca de 1,3 milhão de títulos eleitorais cancelados no país, 120.769 foram na Bahia, segundo informou nesta terça-feira (14) o Tribunal Regional Eleitoral estadual (TRE-BA). A Justiça Eleitoral cancelou os títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições – o prazo para regularizar a situação era até o dia 25 de abril. A lista com o nome das pessoas que deveriam regularizar situação junto à Justiça Eleitoral foi publicada em fevereiro deste ano em cartórios eleitorais e também no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O cancelamento do título pode impedir a retirada de passaporte ou carteira de identidade, o recebimento de salários de função ou emprego público e obtenção de certos tipos de empréstimos. Também complica a investidura e nomeação em cargo público e renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo. Quem perdeu o título deve procurar um cartório eleitoral para reativar o registro. (Correio)

Itagibá: Justiça nega manutenção de super-salário para merendeira

O novo prefeito pediu a suspensão do pagamento irregular dos altos salários
A juíza de Direito Juliana de Castro Madeira Campos, da Comarca de Jitaúna, negou pedido formulado à justiça pela ex-secretária de Administração de Itagibá, Valéria Menezes Brandão no qual pede a manutenção da estabilidade econômica no cargo de secretária municipal, apesar de ter passado em concurso para merendeira do município. Embora formada em sociologia, Valéria Menezes, que era secretaria da Administração, se inscreveu em concurso público realizado em 2009 para ocupar o cargo de merendeira. Logo após tomar posse do cargo de merendeira, e mesmo sem assumir a função, Valeria foi novamente nomeada pelo ex-prefeito para o cargo de secretaria da Administração. No final do seu governo, Gilson Fonseca decretou ato em que garante a estabilidade econômica a ex-secretária merendeira. O novo prefeito, Marcos Barretos (Marquinhos) determinou a suspensão do pagamento irregular dos altos salários. A merendeira recorreu à justiça e teve o seu pedido negado. Na sentença, a magistrada Juliana de Castro Madeira Campos, Juíza de Direito Substituta mantém a decisão de suspensão dos salários e reconhece vícios na concessão do ato de estabilidade econômica a Valéria de Menezes de Brandão Nogueira. (Giro em Ipiaú)

A juíza de Direito Juliana de Castro Madeira Campos, da Comarca de Jitaúna, negou pedido formulado à justiça pela ex-secretária de Administração de Itagibá, Valéria Menezes Brandão no qual pede a manutenção da estabilidade econômica no cargo de secretária municipal, apesar de ter passado em concurso para merendeira do município. Embora formada em sociologia, Valéria Menezes, que era secretaria da Administração, se inscreveu em concurso público realizado em 2009 para ocupar o cargo de merendeira. Logo após tomar posse do cargo de merendeira, e mesmo sem assumir a função, Valeria foi novamente nomeada pelo ex-prefeito para o cargo de secretaria da Administração. No final do seu governo, Gilson Fonseca decretou ato em que garante a estabilidade econômica a ex-secretária merendeira. O novo prefeito, Marcos Barretos ( Marquinhos) determinou a suspensão do pagamento irregular dos altos salários. A merendeira recorreu à justiça e teve o seu pedido negado. Na sentença, a magistrada Juliana de Castro Madeira Campos, Juíza de Direito Substituta mantém a decisão de suspensão dos salários e reconhece vícios na concessão do ato de estabilidade econômica a Valéria de Menezes de Brandão Nogueira.

A juíza de Direito Juliana de Castro Madeira Campos, da Comarca de Jitaúna, negou pedido formulado à justiça pela ex-secretária de Administração de Itagibá, Valéria Menezes Brandão no qual pede a manutenção da estabilidade econômica no cargo de secretária municipal, apesar de ter passado em concurso para merendeira do município. Embora formada em sociologia, Valéria Menezes, que era secretaria da Administração, se inscreveu em concurso público realizado em 2009 para ocupar o cargo de merendeira. Logo após tomar posse do cargo de merendeira, e mesmo sem assumir a função, Valeria foi novamente nomeada pelo ex-prefeito para o cargo de secretaria da Administração. No final do seu governo, Gilson Fonseca decretou ato em que garante a estabilidade econômica a ex-secretária merendeira. O novo prefeito, Marcos Barretos ( Marquinhos) determinou a suspensão do pagamento irregular dos altos salários. A merendeira recorreu à justiça e teve o seu pedido negado. Na sentença, a magistrada Juliana de Castro Madeira Campos, Juíza de Direito Substituta mantém a decisão de suspensão dos salários e reconhece vícios na concessão do ato de estabilidade econômica a Valéria de Menezes de Brandão Nogueira. (Giro em Ipiaú)

Acidente com ônibus mata pelo menos nove passageiros na BR-101

O acidente aconteceu na BR-101 (Foto: Liberdade News)
Um grave acidente de ônibus matou pelo menos nove pessoas no início da manhã desta quarta-feira (15), na BR-101, no município de Teixeira de Freitas, Sul do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo não conseguiu realizar uma curva conhecida como “da Tarifa” e capotou várias vezes para fora da pista. O ônibus era interestadual e fazia a linha Vitória (ES) – Itamaraju (BA). Ao todo, 29 pessoas estavam no veículo no momento do acidente. Segundo a PRF, nove morreram no local e as demais foram encaminhadas para hospitais da região e não se tem informações sobre o estado de saúde delas. Uma das vítimas fatais foi o motorista do ônibus (placa OPF-8294), identificado como Maurício de Souza pela empresa Águia Branca. O acidente foi grave porque, além de capotar, o veículo também caiu de uma pequena ribanceira. A PRF recebeu o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e agora trabalha, junto à empresa de ônibus, para identificar as demais vítimas fatais do acidente a partir da lista de passageiros do veículo. Nas últimas 24 horas, a PRF registrou 20 acidentes nas rodovias federais, com uma morte. (G1)

Justiça Eleitoral cancelou cerca de 120 mil títulos na Bahia

Quem perdeu o título deve procurar um cartório eleitoral 
Dos cerca de 1,3 milhão de títulos eleitorais cancelados no país, 120.769 foram na Bahia, segundo informou nesta terça-feira (14) o Tribunal Regional Eleitoral estadual (TRE-BA). A Justiça Eleitoral cancelou os títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições – o prazo para regularizar a situação era até o dia 25 de abril. A lista com o nome das pessoas que deveriam regularizar situação junto à Justiça Eleitoral foi publicada em fevereiro deste ano em cartórios eleitorais e também no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O cancelamento do título pode impedir a retirada de passaporte ou carteira de identidade, o recebimento de salários de função ou emprego público e obtenção de certos tipos de empréstimos. Também complica a investidura e nomeação em cargo público e renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo. Quem perdeu o título deve procurar um cartório eleitoral para reativar o registro. (Correio)