Audiência
Ubatã FM
Publicidade

Archive for the ‘Sem categoria’ Category

Ubatã não registra casos de covid-19 nas últimas 24h

Centro de Triagem do Covid-19, em Ubatã (Foto: Ubatã Notícias)

Ubatã não registrou novos casos de covid-19  nas últimas 24h conforme boletim divulgado na tarde desta segunda-feira (18) pela Secretaria Municipal de Saúde. Com isso, o município mantém a marca de 1.199 casos confirmados de covid-19. Desses, há 14 casos ativos, 1.161 pessoas estão curadas; há 25 óbitos; não há pessoas hospitalizadas em leito clínico; há 01 pessoa hospitalizada em UTI; 21 exames aguardam divulgação de resultado; 07 aguardam coleta; e há 85 pessoas em monitoramento. Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Ubatã já realizou, até o momento, mais de 6,8 mil testes para diagnóstico do covid-19,o que representa quase 25% da população ubatense. (Ubatã Notícias)

Ubatã: Jovem sai para trabalhar, deixa carta e depois desaparece

Diônatas Silva tem 25 anos e desapareceu após sair para trabalhar

Um jovem identificado como Diônatas Silva de Jesus, de 25 anos, desapareceu após sair para trabalhar em Ubatã na manhã desta segunda-feira (18) e deixar uma carta endereçada aos familiares. Segundo informações de uma irmã de Diônatas, o jovem saiu por volta das 8h para ir trabalhar, mas não compareceu ao emprego. Às 11h ele teria entrado em contato com a familiar e perguntado se os pais já haviam lido a carta. No texto, ao qual o Ubatã Notícias teve acesso, o jovem parecia confuso. “Eu tive que ir embora, e é bom que eu vá primeiro para que fiquem atentos a situação pois as mídias estão manipulado tudo e vão te convencer no emocional a tomarem a vacina. Não tomem essa vacina, pois essa vacina que está por vim, ela vai modificar o nosso organismo, e provocar novas mutações do corona vírus, todos estão sendo cobaias no mundo todo com esses experimento”, diz trecho. Em tempo, os familiares estão à procura de Diônatas. Qualquer informação entrar em contato pelo número 73 98869-442. (Ubatã Notícias)

Além do açúcar, cana vira energia elétrica para 12 milhões de casas

Área de cana-de-açúcar no Mato Grosso do Sul (MS) (Foto: Anderson Viegas)

O agronegócio vai além da produção de alimentos e gera fontes de energia renováveis que movimentam os veículos e levam luz elétrica às casas do país. Nas usinas de cana, por exemplo, o mesmo caldo usado para produzir açúcar fabrica também o etanol, que abastece quase metade da frota de automóveis e motocicletas do Brasil, de acordo com a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). E o bagaço que sobra da extração é queimado para gerar energia elétrica. Durante a safra canavieira, as 360 usinas de cana do país se tornam autossuficientes em eletricidade. Dessas, 194 chegam a produzir excedentes que podem ser ofertados para a rede nacional, o Sistema Integrado Nacional (SIN). O dado mais recente da Unica, de 2019, aponta que a geração de bioeletricidade a partir da cana-de-açúcar chegou a atender 12 milhões de residências do Brasil, o equivalente a 5% do consumo anual de energia elétrica no país. E não é só o bagaço da cana. Dá para produzir eletricidade a partir de diversos outros resíduos da agropecuária, como a lenha, licor negro, casca de arroz, capim elefante e dejetos animais. E, quando se trata de biocombustíveis, ainda tem o etanol obtido por meio do milho e o biodiesel a partir do óleo de soja. *Ler mais.

Sede do Graer abrigará vacinas na Bahia; distribuição será feita com aeronaves

Vacinas que serão distribuídas na Bahia ficarão guardadas na sede do Graer

As doses das vacinas contra a Covid-19 recebidas pela Bahia ficarão armazenadas na sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o local foi escolhido de maneira estratégica, com o objetivo de facilitar a distribuição do material em todo o estado, de maneira mais rápida. Câmaras frigoríficas já foram instaladas no local. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), municípios distantes mais de 300 quilômetros da capital baiana terão as doses enviadas por aeronaves. As demais devem ser entregues por meio terrestre com escolta da Polícia Militar para garantir a segurança no deslocamento. Na tarde desta sexta-feira (15), o secretário da Segurança Pública do Estado, Ricardo Mandarino, participou de uma reunião com representantes  da pasta de todo o Brasil e do Ministério da Saúde. “Deixamos claro que estamos prontos para abrigar e  escoltar a tão esperada vacina”, afirmou o gestor baiano. Toda a logística  está  preparada de forma conjunta e terá  as participações  das quatro forças de segurança. (Bahia Notícias)

Sem previsão de 2º lote, Bahia vai usar metade das doses enviadas pelo Ministério da Saúde

Informação é da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) (Foto: Divulgação)

Sem prazo para chegada de um segundo lote à vista, o governo baiano vai usar apenas metade das 379 mil doses da Coronavac que serão enviadas pelo governo federal ao estado para vacinar a população contra Covid-19. Segundo o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, o objetivo é garantir que haja quantitativo suficiente para aplicação das duas doses da vacina, já que a imunização completa provocada pela Coronavac só acontece após a segunda dose. “Ninguém vai ficar a ver navios. Nós vamos aplicar 180 mil doses e guardar na Sesab as outras 180 mil para aplicação em até três semanas”, explicou o titular da Sesab em entrevista ao “Isso é Bahia”, programa da rádio A TARDE FM em parceria com o Bahia Notícias. Com a medida, apenas 180 mil das 1.791.438 pessoas do grupo considerado prioritário na fase 1 do plano estadual de vacinação devem ser imunizadas. Nele, estão incluídos trabalhadores da saúde, indígenas, idosos com 75 anos ou mais, povos e comunidades tradicionais e ribeirinhas e idosos com 60 anos. (Bahia Notícias)

Rui Costa diz que aprovação emergencial das vacinas foi ‘vitória da ciência’

Rui Costa classificou este domingo como o ‘dia de esperança’ (Foto: Divulgação)

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comemorou nas redes sociais, a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), por unanimidade, do uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19, feita neste domingo (17). Na publicação, Rui Costa comemorou dizendo que a aprovação das vacinas foi uma “vitória da ciência” e classificou este domingo como o “dia de esperança” para todos os brasileiros. “Vitória da ciência! Finalmente a Anvisa autorizou o uso emergencial das vacinas #CoronaVac e da Universidade de Oxford no #Brasil. Dia de esperança para todos nós brasileiros”, disse o governador da Bahia. Rui Costa também falou que quer “salvar vidas e combater o negacionismo” e que a Bahia está pronta para começar as vacinação. “Vamos salvar vidas e combater o negacionismo. Que as vacinas cheguem logo à #Bahia. Já estamos a postos”, afirmou. Mais cedo, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), também usou as redes sociais para comemorar a aprovação do uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19. Ainda neste domingo, o governo estadual anunciou que as vacinas contra a Covid-19 ficarão na sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) antes de serem distribuídas para os 417 municípios baianos. *Ler mais.

Pazuello diz que vacinação contra a Covid-19 no país começa nesta segunda

Vacinação começa às 17h desta segunda (18), diz Pazuello

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta segunda-feira (18), que a vacinação contra a Covid-19 será iniciada a partir das 17h em todo o país. O anúncio foi feito após ele sofrer pressão dos governadores, que pediram para antecipar o início da aplicação das doses, inicialmente previsto para esta quarta-feira (20), conforme informou a colunista Andréia Sadi. “Acho que podemos começar hoje até o fim do expediente, a partir das 17h”, declarou o ministro. O horário foi proposto, segundo ele, para dar tempo de todos os estados receberem as doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Em cerimônia em São Paulo, Pazuello deu início à distribuição das doses pelo país. As caixas saíram do centro de distribuição de logística do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo. “A todas as famílias das vítimas, recebam a nossa solidariedade. É muito difícil perder alguém que amamos. Está dado o primeiro passo para a maior campanha de vacinação do mundo”, afirmou o ministro. Das 6 milhões de doses, 4.636.936 serão enviadas pelo governo federal aos estados brasileiros. As outras 1.357.640 serão distribuídas pelo estado de SP. A Bahia receberá nessa primeira etapa 319.520 doses da vacina. Ler mais.

Enfermeira de São Paulo é a 1ª brasileira a ser vacinada após aprovação de vacina

Governador de São Paulo João Dória acompanha vacinação de enfermeira

O governo de São Paulo aplicou a primeira dose da CoronaVac na tarde deste domingo (17), após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial da vacina contra a Covid-19. A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista, foi a primeira pessoa, fora dos estudos clínicos, a receber a vacina. Mulher, negra, Mônica faz parte do grupo de risco para a doença, e atua na linha de frente contra Covid-19 no Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Ela foi voluntária da terceira fase dos testes clínicos da CoronaVac realizados no país e tinha recebido placebo. Após ser imunizada, ela recebeu do governador João Doria (PSDB) um selo simbólico com os dizeres “Estou vacinado pelo Butantan” e uma pulseira com a frase “Eu me vacinei”. A aplicação foi feita no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e foi acompanhada pelo governador João Doria (PSDB). A enfermeira Jéssica Pires de Camargo, de 30 anos, funcionária do Controle de Doenças e Mestre de Saúde Coletiva pela Santa Casa de São Paulo, foi responsável por aplicar a dose. (Folha)

Enem: 51,5% dos inscritos no Enem não comparecem ao exame

Enem 2020 tem abstenção de 51,5% dos candidatos inscritos (Foto: Divulgação)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 tem abstenção de 51,5% dos candidatos inscritos, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Do total de 5.523.029 inscritos para a versão impressa do Enem, que começou a ser aplicada hoje (17), 2.842.332 faltaram às provas. Segundo o ministro da Educação, Milton Ribeiro, a abstenção recorde se deve principalmente ao medo da pandemia e a campanhas contrárias à realização do exame. Apesar disso, considera a aplicação vitoriosa. No ano passado, a abstenção no primeiro dia do Enem foi 23%. “Fico satisfeito com o que fizemos no meio de uma pandemia”, diz, “[Quero] qualificar o Enem no meio de uma pandemia como algo vitorioso para não atrasar mais a vida de milhões de estudantes”. Em 2009, o segundo ano de aplicação do Enem com a maior abstenção, a porcentagem de inscritos que não compareceram foi de 37%. Foram eliminados do exame 2.967 candidatos por não respeitarem as regras do Enem, entre elas, não cumprirem as medidas de segurança para evitar o contágio pelo novo coronavírus, como usar máscara cobrindo a boca e o nariz durante toda a aplicação. Ao todo, 69 participantes foram afetados por questões logísticas, como emergências médicas, falta de energia elétrica, entre outros. Os dados tanto de presença, quanto das eliminações, segundo o presidente do Inep, são preliminares. (Agência Brasil)

Nova Canaã: Primeira-dama, secretário de Administração e tesoureira da Prefeitura morrem por covid-19

Adriano Caetité, Patrícia Peixoto e Maria Fraga.

Luto oficial em Nova Canaã, no médio sudoeste baiano, com a morte da primeira-dama do município, a médica Maria José Fraga, vítima da covid-19. Após semanas internada no Hospital Samur, em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, Maria José faleceu no sábado (16). O seu esposo, prefeito Marival Fraga, contraiu o vírus e chegou a ser internado no final de 2020. Resistiu e recebeu alta. No mesmo município, também faleceram em decorrência da covid-19, o secretário de Administração Adriano Caetité e a tesoureira da Prefeitura, Patrícia Peixoto. (Blog do Anderson)

Anvisa aprova uso emergencial das vacinas CoronaVac e de Oxford

Anvisa autorizou por unanimidade uso uso emergencial das vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou neste domingo (17), por unanimidade, o uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19. A reunião que discutiu o tema durou cerca de 5 horas. Os diretores acompanharam o voto de Meiruze Freitas, relatora dos pedidos. No caso da Coronavac, a diretora condicionou a aprovação à assinatura de termo de compromisso e publicação em “Diário Oficial”. Segundo a Anvisa, somente o termo de compromisso assinado pelo Instituto Butantan precisa ser publicado no “Diário Oficial da União”, o que pode acontecer ainda neste domingo (17) em edição extra. De acordo com a agência, o termo já está pronto e será enviado ao instituto para ser assinado e publicado assim que assinado. O termo de compromisso prevendo o envio, até o dia 28 de fevereiro, dos resultados sobre a imunogenicidade da CoronaVac foi uma das exigências da relatora do processo para o uso emergencial. A imunogenicidade é a capacidade que uma vacina tem de estimular o sistema imunológico a produzir anticorpos. *Ler mais.

Ubatã registra 01 novo caso de covid-19 e 03 altas médicas nas últimas 72h

Centro de Triagem do Covid-19, em Ubatã (Foto: Ubatã Notícias)

Ubatã registrou 01 novo caso de covid-19 e 03 altas médicas nas últimas 24h conforme boletim divulgado na tarde deste domingo (17) pela Secretaria Municipal de Saúde. Com isso, o município chega à marca de 1.201 casos confirmados de covid-19. Desses, há 15 casos ativos, 1.160 pessoas estão curadas; há 25 óbitos; não há pessoas hospitalizadas em leito clínico; há 01 pessoa hospitalizada em UTI; 22 exames aguardam divulgação de resultado; 06 aguardam coleta; e há 86 pessoas em monitoramento. Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Ubatã já realizou, até o momento, mais de 6,8 mil testes para diagnóstico do covid-19,o que representa quase 25% da população ubatense. (Ubatã Notícias)

Mulher é presa suspeita de matar filha de um ano no oeste da Bahia

Polícia Civil prendeu mulher neste sábado (Foto: Polícia Civil)

Uma mulher foi presa, na tarde de sábado (16), suspeita de matar a filha de um ano em Barreiras, no oeste da Bahia. Ela estava foragida desde quinta-feira (14), quando ocorreu o crime, e foi encontrada em um terreno baldio ainda em Barreiras, segundo informações da Polícia Civil. De acordo com a polícia, a mulher, que não teve a identidade revelada, utilizou uma faca para matar a criança e fugiu. Inicialmente a polícia havia informado que o pai da criança teria encontrado a vítima morta dentro de um imóvel. No entanto, neste domingo, ao informar sobre o caso, a polícia disse que os avós maternos, pais da suspeita, teriam presenciado o crime e acionado a PM. A mulher, que tinha mandado de prisão preventiva, foi encontrada no bairro Nova América 2, em Barreiras, durante ação conjunta das polícias Civil e Militar. Ainda de acordo com a polícia, a mulher foi apresentada na Delegacia Territorial (DT) do município, onde o mandado foi cumprido e, após prestar depoimentos e fazer exames, foi encaminhada para o sistema prisional. (G1)

Governo da Bahia entra com ação no STF para fazer compra direta de vacina russa

Governo da Bahia ingressou com uma ação no STF para garantir vacina russa

O Governo da Bahia entrou no sábado (16) com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que o estado possa fazer a compra direta da vacina russa Sputnik V. Um acordo de cooperação para 50 milhões de doses já havia sido assinado em setembro. Na sexta-feira (15), o governador Rui Costa já tinha informado nas redes sociais sobre a possibilidade de entrar com a ação. No entanto, a ação só foi ingressada na noite de sábado (16). “Determinei à Procuradoria Geral do Estado da Bahia que ingresse com uma ação no Supremo Tribunal Federal para que possamos efetivar a compra direta da vacina russa Sputnik V, com a qual já assinamos um acordo de cooperação para o fornecimento de até 50 milhões de doses”, informou Rui Costa nas redes sociais. O governador destacou que o pedido seria feito para evitar mais mortes de baianos e brasileiros pela Covid-19. “Não podemos assistir passivamente baianos e brasileiros morrendo diariamente diante da incapacidade do Governo Federal. Se eles não têm capacidade de fazer nada, melhor que peçam demissão ou renunciem. O povo brasileiro não merece ser maltratado e humilhado. Precisamos reagir!”, enfatizou. *Ler mais.

Homem é preso com submetralhadora, fuzil e drogas em Jequié

Homem foi preso e droga foi apreendida no ‘Inferninho’, em Jequié

Policiais Militares da CIPE Central prenderam um homem e apreenderam drogas, um fuzil e uma submetralhadora na manhã desse sábado (16) na cidade de Jequié. Conforme o informativo da CIPE, os policiais realizavam patrulhamento na localidade conhecida como “Inferninho”, quando foram surpreendidos por um grupo armado. Houve troca de tiros e os policiais conseguiram prender um suspeito de 20 anos de idade, os demais fugiram pulando os muros das residências. Em uma das casas foi apreendido 01 fuzil calibre 7,62 com 08 cartuchos, uma submetralhadora calibre 9mm com 07 cartuchos, 50 porções diversas de cocaína, 48 buchas de maconha e 10 porções maiores, totalizando cerca de 539g, 02 pedras de crack, 02 balanças de precisão, celulares e a quantia de R$ 200,00. Os materiais apreendidos e o suspeitos foram apresentados na sede da 9ª COORPIN/Jequié.