Wellington Menezes

A Polícia Civil do Rio prendeu nesta quinta-feira (14) um homem suspeito de ter vendido um revólver calibre 38 usado por Wellington Menezes de Oliveira para assassinar 12 crianças e ferir outras 12 na Escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio, no último dia 7. De acordo com a PM, o homem de 57 anos, que ainda não teve o nome revelado, trabalhava em um abatedouro e teria sido colega de Wellington. O suspeito foi capturado em cumprimento a um mandado de prisão preventiva e deve responder por comércio ilegal de arma de fogo.
Fonte: Bahia Notícias