A justiça de Ubatã decretou hoje (19) a prisão preventiva de Sérgio Santana dos Santos (34), conhecido como Saulo, preso há quase um mês no Complexo Policial da cidade. A solicitação foi feita pelo delegado Raimundo Nonato Figueiredo. Sérgio estava cumprindo prisão temporária.
Com a decisão da justiça, Sérgio possivelmente ficará preso até o julgamento. Ele foi preso no mês passado enquanto vendia madeira em Jaguaquara. Sua mulher, Jeilma, ainda continua foragida.
Saulo é suspeito de matar, em parceria com a sua esposa Jeilma Silva Souza, a adolescente Darlene de Jesus França, com quem Sérgio tinha um caso amoroso.
De acordo com informações colhidas pela nossa redação, há outros envolvidos no crime, e a polícia continuará a caça aos assassinos da adolescente.

Redação Ubatã Notícias