Contrariando a legislação brasileira, que obriga legislativo e executivo a apresentarem as contas para a análise popular por um período de 60 dias, a Prefeitura Municipal de Ubatã continua indo de encontro à lei.

As contas já deveriam estar na sede do legislativo municipal desde o dia 01 deste mês, mas até agora a PMU apresentou apenas um simples balancete, que não serve para analisar os gastos do executivo.

Redação Ubatã Notícias