A atriz americana Lindsay Lohan (“Sexta-feira Muito Louca” e “Sorte no Amor”) terá de prestar serviços comunitários como faxineira do necrotério de Los Angeles para cumprir pena por ter violado a sentença de liberdade condicional.

Na última sexta-feira (22), a juíza Stephanie Sautner condenou Lindsay a 120 dias de prisão e 480 horas de serviço comunitário pelo furto de um colar em janeiro deste ano. Dessas horas, 360 serão realizadas em um centro comunitário de mulheres em uma área carente de Los Angeles e as outras 120, no necrotério, no qual foi realizada a autópsia do pop star Michael Jackson, morto em junho de 2009.

A juíza do caso determinou que a jovem atriz, sempre às voltas com escândalos, deve iniciar o trabalho comunitário dentro de uma semana e completá-lo ao longo de um ano. Lindsay pagou a fiança estimada em US$ 75 mil na sexta-feira, após o veredicto. Sua advogada informou que recorreria da sentença.

Informações da Revista Veja