A nossa redação apurou que os advogados do ex-prefeito Agilson Muniz entraram com uma petição no Tribunal Regional Eleitoral – TER –, ontem (04), requerendo rapidez no julgamento do processo que julgará o retorno do ex-alcaide o a permanência de Edson Neves a frente do executivo municipal.

Amanhã (06) faz um ano que Agilson Muniz foi cassado numa decisão em primeira instância, e até hoje o processo não foi julgado no TRE. Segundo um fonte fidedigna, há uma grande articulação em Salvador para que o processo seja julgado o mais rápido possível.

Assim que houver uma definição, o que de acordo com a nossa fonte deve ocorrer nos próximos dias, divulgaremos em primeira mão.

Redação Ubatã Notícias