Luísa trabalha em frente a sua casa – Rua Tancredo Neves

A ubatense Luísa Oliveira, que trabalha no ramo de encomenda de tortas, pizzas, salgados, doces e outras guloseimas, está impedida de trabalhar por falta de iluminação pública na rua onde mora.

Luísa colocava barraca em frente a sua casa todos os dias para receber clientes, mas a escuridão impede até mesmo a ida dos clientes ao local.

– A rua está muito escura, e eu tenho medo de ser assaltada. Os meus clientes sumiram por conta disso, – disse Luísa a nossa redação.

A iluminação pública de Ubatã está um caos, e o UN vem chamando a atenção da Prefeitura há meses. Um absurdo!

Redação Ubatã Notícias