Postos de trabalho foram fechados na cidade

De acordo com dados do Ministério do Trabalho, o município de Ubatã, entre os meses de janeiro e março deste ano, demitiu mais funcionários do que contratou no que se refere aos empregos formais.

Ubatã contratou 58 funcionários nesse período, mas demitiu 84, ou seja, foram fechados 26 postos de trabalho na cidade.

– Tive de demitir dois funcionários este ano, pois estava difícil honrar os compromissos, – disse um comerciante ubatense a nossa redação.

Já entre as cidades em que houve aumento no número de postos de trabalho, destaca-se Itagibá, que admitiu 216 trabalhadores e desligou 103. Um saldo mais do que positivo.

Redação Ubatã Notícias