José Renildo – Gerente da Embasa

Atendendo a um requerimento enviado pelo vereador César Sales, José Renildo, gerente da Embasa de Ubatã, fez uma breve explanação ontem (02), no plenário da Câmara, sobre alguns problemas/dificuldades enfrentados pela empresa.

De acordo com José Renildo, cerca de cem famílias não são assistidas hoje pela Embasa. O problema, ainda de acordo com Renildo, é que existem muitos terrenos em Ubatã que foram transformados em loteamentos de forma irregular. Assim, tais famílias vivem, atualmente, sem o serviço de água encanada.

– O que ocorre é que estes terrenos já estão com casas habitadas, sem água e sem energia. É preciso a inserção do poder público para transformar estes terrenos em logradouros, e permitir que as empresas possam vir a prestar estes serviços que são essenciais à comunidade, disse Renildo a nossa redação.

O gerente da Embasa ressaltou a importância da parceria entre a Câmara de Vereadores, o executivo e a própria empresa para solucionar o problema. Famílias dos Bairros Relíquia, Dois de Julho e Londrina são as mais prejudicadas pela falta de água encanada.

Redação Ubatã Notícias