É provável que os professores da Rede Municipal de Ensino de Ubatã paralisem as atividades, por tempo indeterminado, a partir da próxima segunda-feira (13). A informação foi passada pela Associação dos Professores Licenciados da Bahia – APLB.

A APLB promete paralisar as atividades caso o chefe do executivo não receba os representantes da categoria até esta sexta-feira (10). De acordo com o sindicato, foram enviados ofícios para a Secretária de Educação do Município e também para o prefeito Edson Neves comunicando a decisão.

Segundo a APLB, desde janeiro o sindicato tenta agenda uma reunião com o prefeito Edson Neves, mas não obteve êxito. Há mais de três anos os profissionais da educação de Ubatã não recebem aumento salarial, e esse é apenas um dos itens da extensa pauta da APLB.

Redação Ubatã Notícias