A greve deflagrada ontem (13) pelos profissionais da educação de Ubatã conta com o apoio maciço de toda a categoria, ou melhor, de quase toda. A Rede Municipal de Educação conta hoje com cerca de trezentos professores, mas nem todos têm espírito de coletividade.

Mesmo com o apelo dos colegas, UMA professora da educação infantil continua dando aula. Tal professora, inclusive, está mandando buscar alunos em casas para que as aulas não sejam paralisadas.

– Mandou buscar meu filho em casa, mas não mandei, pois iria enfraquecer a luta dos outros professores. Vim aqui apenas buscar o kit,- disse um pai a nossa redação.

Muitos professores da Rede Municipal de Educação de Ubatã estão chateados com a atitude da colega, e pedem dela mais solidariedade e respeito à categoria.

Redação Ubatã Notícias