Em sessão realizada hoje (17) no Tribunal Regional Eleitoral – TRE – o desembargador Renato Reis pediu vista do processo que julgaria o retorno de Agilson Muniz ou a permanência de Edson Neves a frente do executivo municipal.

É a terceira vez que um desembargador do TRE pede vista do processo de Ubatã, processo este que, desde a decisão do fórum local, já se arrasta por mais de um ano. Agilson Muniz vencia o processo por 3 x 1. Mais um voto, e ele seria conduzido novamente ao executivo municipal.

No entanto, a nossa redação apurou que tal processo não demorará a ser colocado em pauta, o que deve acontecer em meados do mês de julho.

Redação Ubatã Notícias