Os Profissionais da Educação de Ubatã deflagraram greve na última segunda-feira (13). A paralisação é uma resposta ao prefeito Edson Neves, que há mais de cinco meses se recusa a receber os representantes da categoria.

A pauta de reivindicação da categoria é bastante extensa, e dentre os itens, estão: aumento salarial, cumprimento integral do plano de carreira do magistério e melhorias nas escolas.

Até o momento (20), nenhuma reunião foi marcada entre o prefeito Edson Neves e representantes da categoria. O impasse deve continuar por mais alguns dias.

Redação Ubatã Notícias