Pelo segundo mês consecutivo, a Prefeitura Municipal de Ubatã não repassou, na data correta (20 de cada mês), o duodécimo da Câmara. No mês passado, a PMU, após pressão da presidenta da Casa, pagou R$ 52.000,00 do total devido, cerca de R$ 85.000,00.

– Isso não pode acontecer. Já aconteceu no mês passado. É um absurdo, estou revoltada e cobrarei uma postura do chefe do executivo, o prefeito Edson Neves, – disse a presidenta da Câmara a nossa redação.

Ainda de acordo com a vereadora, a Prefeitura deve repassar o duodécimo à Câmara apenas no dia 30 deste mês. Enquanto isso, funcionários e os próprios vereadores curtirão um São João com cara de Dia de Finados. É a bomba antecipada da tradicional festa junina.

Redação Ubatã Notícias