Os professores da Rede Municipal de Educação de Ubatã deflagraram greve na última segunda-feira (13). A pauta da categoria é extensa e conta com dezesseis reivindicações.

– Ainda que seja concedido o aumento a nossa categoria, só voltaremos às aulas quando a pauta for completamente atendida. Não podemos ver nossas crianças sem cadeiras para estudar, por exemplo, – disse Magnólia, Diretora da APLB.

Até o momento o chefe do executivo municipal, o prefeito Edson Neves, não agendou nenhuma reunião com os representantes da categoria. Assim, os impasses devem demorar mais alguns dias.

Redação Ubatã Notícias