Greve e salários atrasados – Problemas para a nova gestora

A greve deflagrada dos profissionais da educação e os salários em atraso da maioria do funcionalismo do município serão, certamente, os primeiros desafios de Cássia Mascarenhas, nova Prefeita de Ubatã.

Os profissionais da educação paralisaram as atividades no último dia 13 de junho, e exigiam que o então prefeito Edson Neves sentasse para negociar com a categoria e atendesse a pauta de reivindicação.

Outro problema é o atraso do funcionalismo, pois só os agentes de saúde e profissionais da educação receberam os vencimentos do mês de maio. A Prefeita terá de mostrar que está preparada para os desgastes do cargo.

Redação Ubatã Notícias