Salários serão pagos na íntegra, diz APLB

Representantes da Associação dos Professores Licenciados da Bahia – APLB – disseram hoje (01), durante a assembleia, que os salários dos profissionais da educação, que deflagraram greve no dia 13 de junho, não serão descontados.

A afirmação do sindicato está pautada na fala do prefeito Edson Neves, que garantiu, em reunião realizada ontem (30) com a APLB, que não efetuaria os descontos nos vencimentos dos grevistas.

O prefeito havia declarado recentemente, em entrevistas a emissoras de rádio, que efetuaria os descontos nos salários dos profissionais da educação, mas agora, pelo menos aparentemente, mudou de ideia. O chefe do executivo prometeu pagar o salário da categoria até o dia quinto dia útil deste mês.

Redação Ubatã Notícias