Mercado Municipal continua sem energia

Os prédios públicos, que tiveram a energia cortada ontem (14) por falta de pagamento, ainda continuam hoje (15) às escuras. A Coelba suspendeu o serviço nos prédios da Prefeitura, do Matadouro, do Mercado Municipal e até do Estádio da cidade. A empresa não revelou o valor do débito, mas especula-se que ultrapasse R$ 25.000,00.

O corte de energia tem prejudicado não apenas a administração do município, como também diversos comerciantes que têm comércio no mercado municipal. Ontem (14) vários deles tiveram de levar mercadorias para suas casas com medo de estragarem. “Isso é uma falta de respeito com quem paga imposto e com toda a sociedade”, disse o vereador Hélder Pimentel.

De acordo com Ademir Passos, advogado de Agilson Muniz, a previsão é que Edson Neves deixe a administração municipal já na próxima segunda-feira (18). “Ele vai deixar o município em situação difícil. O prédio da prefeitura está sem energia desde quarta-feira e o mercado municipal teve a luz cortada ontem”, denunciou o causídico.

Redação Ubatã Notícias