Dai da Caixa é um dos indiciados na Operação Vassoura de Bruxa

Em dezembro de 2008, conforme matéria publicada no A Tarde (lembrar matéria), a Polícia Federal indiciou prefeitos, empresários e servidores públicos de 30 cidades do Sul do Estado por fraudes a licitações e desvio de verbas federais. Dentre os indiciados, estava o ex-prefeito de Ubatã Adailton Ramos Magalhães, mais conhecido como Dai da Caixa. A Operação foi batizada de Vassoura de Bruxa.

De acordo com o Blog do Gusmão (ler matéria), cada cidade gerou um inquérito e 23 deles já foram concluídos. Ainda segundo o Blog, o processo de Ilhéus esteve no TRF 01 para que a Justiça Federal autorizasse a realização de diligências. Como o processo de Ubatã ainda não foi concluído e está havendo movimentação nos processos restantes, Dai da Caixa deve estar com as barbas de molho.

O inquérito de Ubatã deve ser enviado em breve para a delegacia da PF de Ilhéus para ser relatado e encaminhado ao Ministério Público Federal, que apresentará (ou não) as denúncias à justiça federal. Só a partir daí, os indiciados deverão responder em juízo. O resultado do processo pode ser uma ducha fria nas pretensões de Dai da Caixa de voltar a comandar o executivo municipal.

Redação Ubatã Notícias