Ainda não há previsão para ocorrer as eleições diretas para a escolha dos gestores escolares das escolas da Rede Municipal de Ensino de Ubatã. Tais eleições estão previstas no Plano de Carreira do Magistério, e visa a tornar democrática a escolha dos gestores.

Atualmente, os gestores, ou mais simplesmente diretores e vice-diretores, são escolhidos por “critérios” políticos. Assim, a maioria deles são apadrinhados por vereadores, que fazem a festa com as indicações que lhes garantem um “belo” capital político.

Em conversa com o Ubatã Notícias, uma representante da APLB afirmou que cabe agora a Secretaria de Educação viabilizar a realização das eleições. Para tanto, ainda de acordo com o sindicato, é preciso, dentre outras coisas, que se construa e revise o PPP da maioria das escolas municipais. Bem, as eleições ainda devem demorar alguns anos.

Redação Ubatã Notícias