Dados são do Ministério da Economia; Bahia lidera geração de emprego no Nordeste

A Bahia gerou 9.820 postos de trabalho com carteira assinada no mês de março e ficou na liderança da região Nordeste. O dado é do Ministério da Economia, que divulgou nesta quarta-feira (28) as Estatísticas Mensais do Emprego Formal, o Novo Caged, e foram sistematizados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia (Seplan). O resultado positivo foi decorrente da diferença entre 57.868 admissões e 48.048 desligamentos. Segundo o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, no mês de março foram criados 2.488 postos de trabalho na região metropolitana de Salvador e 7.332 no interior do estado. Já em relação ao saldo de emprego acumulado no ano de 2021, houve a abertura de postos de trabalho com carteira assinada na região metropolitana de Salvador (+14.068 postos) e no interior (+28.650 postos). De acordo com o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, mesmo com o agravamento da pandemia da Covid-19 e a necessária intensificação das medidas restritivas, a Bahia lidera a geração de emprego no Nordeste em março e também no acumulado deste ano, com 42.718 postos criados entre os meses de janeiro e março, ocupando a sexta colocação entre os estados da Federação. *Ler mais.